Como usar o LinkedIn para vender imóveis?

Como usar o LinkedIn para vender imóveis?


Diferente do Facebook, Instagram e Twitter, que rapidamente ganharam escala alcançando milhares de novos usuários, o Linkedin era uma rede social que não obtinha muito sucesso.

Quando a Microsoft o comprou por 26 bilhões de dólares, todos acharam que era uma loucura da gigante do Windows.

Porém, rapidamente, tudo mudou.

Como se tivessem colocado fogo em combustível, no ano de 2017 a rede social alcançou a marca de meio bilhão de usuários.

Atualmente a rede social conta com mais de 26 milhões de pessoas no Brasil e, nessa onda de sucesso, vem chegando uma nova era de possibilidades e recursos no LinkedIn.

Hoje em dia o que não falta são influenciadores digitais, tentando ganhar visibilidade dentro da plataforma.

A Microsoft vem desempenhando um excelente papel em trazer recursos de propagandas similares ao Facebook e, essa ação faz todo sentido.

Com um número significativo de usuários, o Linkedin é capaz de receber campanhas de marketing que atingem grandes públicos segmentados.

Porque anunciar no LinkedIN?

Anunciar meus imóveis no Facebook e Instagram não seriam as melhores opções?

Essas redes sociais contam com mais usuários e são bastante populares, consumindo grande parte do tempo em que as pessoas estão no celular.

Porém o LinkedIn ainda não atingiu todo seu potencial.

Durante anos a plataforma esteve livre de spams e alvoroços das outras redes sociais, focada no propósito de recrutamento e seleção de profissionais.

Como os recursos de anúncio são relativamente recentes, a abordagem por dentro da plataforma passa uma impressão muito mais clara e autêntica ao público segmentado.

Não se limitando a isso, para empresas do mercado imobiliário é possível criar anúncio muito mais direcionado ao público alvo do que qualquer outra rede social até então.

Veja o perfil do nosso CEO e Co-founder, Junior Silva.

Aqui vemos o que ele faz, empresa que trabalha e sua localização.

Mais abaixo, é possível ver uma descrição mais detalhada sobre suas experiências e seus interesses.

Provavelmente você está se perguntando “O Facebook e o Instagram já não me trazem essas informações?”

Você está certo.

Porém o LinkedIn tem um recurso que o Instagram, Facebook e Twitter não tem.

Rolando a barra para a parte inferior do perfil, você vê uma seção bastante interessante.

Essa é a parte na qual os usuários podem adicionar suas habilidades e receber recomendações por elas.

Tudo bem, mas como isso vai ajudar a vender mais imóveis?

As melhores campanhas de marketing são aquelas que conseguem fazer a segmentação efetiva de um grande contingente de pessoas.

E se, por exemplo, pessoas que já tem conhecimentos em projetos de engenharia, forem mais propensas a comprar seus imóveis?

Esses dados extras permitem a equipe de marketing direcionar ainda mais seus anúncios as pessoas mais propensas a comprar seus produtos, aumentando a efetividade da campanha.

Sem pensar no que o LinkedIn tem a capacidade de fazer, trazemos a compilação da pesquisa da Global Technology Partners, que mostra:

O LinkedIn é responsável por 64% de visita a sites corporativos por mídias sociais.

51% das empresas B2C (business to consumer) entrevistadas conseguiram gerar novos clientes usando o LinkedIN.

Algumas pessoas ainda resistem de usar o LinkedIn para alcançar novos clientes.

Estas estatística estão aí para provar efetividade da plataforma, então, porque não anunciar no LinkedIn?

Como usar o LinkedIn para vender mais imóveis?

Como tirar o máximo de proveito do poderoso recurso para segmentação de grupos de pessoas no Linkedin para alavancar as minhas vendas ?

Buyer Persona

Para começar, é necessário que você tenha um alvo ao qual queira atingir.

No Marketing trabalhamos com um conceito chamado de Buyer Persona.

Esta é criada ao reunir todas características-chave do seu cliente ideal.

Elas são de extrema importância para o Marketing, tendo vários relatos de empresas que aumentaram vendas e contatos com a aplicação deste conceito.

Para elaborar sua persona, você deve cobrir no mínimo os seguintes aspectos:

Sendo que os pontos chave são:

Com o conhecimento sobre os desafios e objetivos pessoais da persona, e os desafios e objetivos com a compra, fazemos a seguinte pergunta:

Como meus empreendimentos podem ajudar a persona a cumprir seus objetivos e enfrentar seus desafios?

Pensando assim, o material publicitário da sua empresa terá muito mais impacto nos consumidores, pois será elaborado baseado nas necessidades dos seus clientes em potencial.

O método mais simples de criar sua Buyer Persona é basear se no perfil dos clientes que você já fez negócio no passado.

Se você já está há um bom tempo no negócio e tem conhecimentos sobre o mercado que atua, este será um método extremamente efetivo.

Você pode usar o próprio LinkedIn para criar a representação do seu cliente.

Comece identificando um traço específico (sugerimos começar pelo cargo da pessoa), a partir daí você vai pesquisando perfis que têm essa característica e os analisando.

A partir da análise de características e semelhanças deste grupo de pessoas, comece representar o público a quem você irá segmentar seus anúncios.

Vamos aprofundar nos tipos de anúncio que você pode fazer no LinkedIn.

Fazendo anúncios no LinkedIn

Hoje na plataforma, há dois tipos de anúncio que são possíveis de fazer, são eles:

Sponsored Content

Sponsored Content são os anúncios que você pode patrocinar para aparecer no Feed do seu público alvo.

.

Essa é uma grande forma de abordagem publicitária, principalmente se você está implementando estratégias de marketing de conteúdo na sua empresa.

Para executar este modelo de campanha é de extrema importância ter a meta para converter quem está consumindo seu conteúdo em novos Leads para sua empresa.

Assim, quando for começar uma campanha de Sponsored Content, tenha certeza que há uma maneira de coletar o contatos das pessoas que se interessaram seus anúncios.

As metas de conversão o permitirão medir os resultados efetivos da campanha na geração de novos leads e clientes para sua empresa.

Assim como captar os contatos, nutri-los com informações é de extrema importância.

É muito difícil que uma pessoa compre de sua empresa logo de cara, após simplesmente cadastrar-se em sua lista.

Você precisa garantir que a chamada do anúncio de seu conteúdo patrocinado seja atraente.

Abaixo vemos uma imagem da Custumer Magnetism, que mostra no que você deve focar na hora de criar o seu anúncio online.

  • Chame sua audiência alvo incluindo uma forte Call to Action (Chamada para ação) com um link curto;
  • Use uma imagem forte e engajadora ou uma mídia rica;
  • Listas numeradas funcionam muito bem;

Se o conteúdo que você produzir é realmente algo que interesse sua buyer persona, diminui-se os esforços na criação do anúncio.

Text Ads

Os anúncios feitos com a função Text Ads são diferentes.

Eles vão se apresentando no em torno das páginas que as pessoas veem enquanto navegam pelo LinkedIn.

Como vemos, você realmente tem que se concentrar nos textos e imagens que vão aparecer, além, é claro, da segmentação para o público certo.

É muito fácil criar esse tipo de anúncio, além de poder fazer diversas variações como teste A/B para ajudar a criar um anúncio campeão de vendas.

Configurando-os corretamente os anúncios entregam excelentes resultados.

É importante fazer variações nos anúncios, no mínimo, de mês em mês.

As pessoas que estão vendo suas campanhas podem estar sendo vítima da chamada cegueira de banner.

A cegueira de banner torna as pessoas menos sensíveis a suas campanhas de anúncio pois já se acostumaram a vê-las.

Como no LinkedIn você restringe o público que vai consumir seus anúncios, é muito provável que a mesma pessoa irá se deparar com sua campanha mais de uma vez.

Assim, com decorrer do tempo, as pessoas podem confundir seus anúncios com informações do próprio site, tornando-os inefetivos.

Fique atento as métricas de acesso em suas publicações, se achar que o conteúdo não está atingindo os níveis de engajamento que gostaria, obviamente você precisa realizar mudanças.

Conclusão

O LinkedIn é uma plataforma extremamente eficiente para aumentar suas vendas.

Criando campanhas no LinkedIn Ads, você poderá atingir seus clientes em potencial com precisão muito grande.

Neste artigo, fornecemos informações fundamentais para se obter resultados com a criação de seus anúncios.

Abordamos o conceito de Buyer Persona e os diferentes tipos de anúncio disponíveis na plataforma.

Muito mais importante do que captar os leads e clientes, é estabelecer rigorosos critérios de relacionamento e interações para garantir a efetividade das suas vendas. Este processo requer um eficiente sistema de CRM e o ANAPRO, como líder em tecnologia para gestão imobiliária, proverá todas as suas necessidades para maximizar sua taxa de conversão.

Clique aqui e conheça o que o ANAPRO CRM pode fazer por você.

Se gostou do post, curta e compartilhe em suas redes sociais, ajude mais pessoas a alcançarem seus resultados.

Lembre-se que vender mais, estimula as construtoras a usinagem de novos produtos, gerando mais ofertas, mais empregos e mais renda.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANAPRO 2018 | Todos os direitos reservados