As 03 Principais falhas na gestão de construtoras e incorporadoras

A gestão de qualquer negócio relacionado ao mercado imobiliário não é tarefa simples de ser realizada.

Sabemos que todo negócio tem seus riscos, mas quando falamos de construtoras e incorporadoras, estamos falando de altos investimentos, alto nível de rentabilidade, entre outros fatores, que tornam este ramo tão desafiador.

E as falhas acontecem. O jogo de tentativas e erros que experimentamos desde muito cedo na vida é a base para o conhecimento de si e do mundo.

Errar faz parte de todo processo.

Você sabia que 8 a cada 10 empreendedores fracassam em seu primeiro ano de negócios?

Contudo, no campo dos erros, há sempre cuidados que podem ser tomados, para que eles não sejam comprometedores para o futuro de uma empresa ou de um negócio.

Não importa se você está apenas começando ou se já tem um negócio estabelecido, empreendedores de sucesso eventualmente cometem erros de gestão e aprendem o máximo que podem com eles.

A boa notícia é que aqui você vai ficar por dentro das principais falhas na gestão de construtoras e incorporadoras.

Além de se prevenir, você também vai saber tudo que precisa para corrigir as falhas e aperfeiçoar processos.

Continue com a gente e saiba tudo que você precisa para reduzir, ao máximo, falhas na gestão de construtoras e incorporadoras.

Principais falhas na gestão imobiliária

Aqui vão alguns exemplos de falhas comuns na gestão de construtoras e incorporadoras, e a forma como corrigi-las e/ou evitá-las.

1. Não investir no relacionamento com o cliente

São muitos detalhes, muitas tarefas e muitas obrigações. Mas não podemos esquecer o ator principal em qualquer processo de negócio: o cliente.

Quando falamos de um bom relacionamento com o cliente, estamos falando de empatia.

A rotina intensa, com processos repletos de detalhes, acabam fazendo com que o gestor não dê a devida atenção no relacionamento com os clientes.

Esta é uma falha de gestão comum que tem efeitos indesejáveis. 

Afinal, a confiança do cliente é tudo.

Sendo assim, aqui vão algumas dicas básicas: 

  • Distribua algumas funções administrativas e operacionais para outros colaboradores(as) e tenha mais tempo livre para se dedicar aos seus clientes;
  • Crie uma rotina de atendimento, desde o momento em que o cliente entra em seu estabelecimento, até o pós-venda;

O bom atendimento é um diferencial que pode levar a sua empresa a outro nível.

Atitudes simples, como oferecer um atendimento de qualidade, personalizado (chame sempre a pessoa pelo nome, dê retorno quando necessário, etc.).

Trate cada cliente como se fosse o único. Acredite, as pessoas gostam de ser únicas e importantes.

2. Negligenciar a gestão de pessoas e a capacitação de colaboradores(as)

Os colaboradores são o coração de qualquer empresa, são eles que lidam diretamente com o público e realizam todas as tarefas, desde as mais básicas até as atividades de gestão mais complexas.

Um dos grandes desafios da gestão imobiliária é administrar a equipe de colaboradores, mantendo-a motivada e coesa.

No caso em questão, a grande presença de profissionais autônomos torna-se mais uma particularidade desse processo.

E sobre isso, a ausência de vínculo empregatício torna essencial o estabelecimento de regras claras para comissões, rodízios de trabalho, encaminhamento de novos clientes, dentre outros.

Por sua vez, o treinamento e a capacitação dos membros da equipe são verdadeiros pilares na gestão de recursos humanos, e por isso exigem um cuidado especial por parte dos gestores imobiliários.

Programas de capacitação interna são uma boa alternativa para que todos se planejem.

São dicas que contribuem para manter a equipe engajada e com foco no propósito da empresa, mas, ao mesmo tempo, mantendo e respeitando a autonomia de cada profissional.

3. Resistir às inovações tecnológicas

Este é um tópico para falar sobre modernização. A tecnologia vem, de forma cada vez mais acelerada, contribuindo com soluções inteligentes e inovadoras para o mercado imobiliário.

Muitas vezes encontramos uma resistência por parte de alguns gestores, em incorporar as inovações da tecnologia.

Bem, o que tenho a dizer é que, sem dúvidas, os gestores que não se abrirem a soluções inovadoras perderão em competitividade e relevância de mercado.

De um lado, o setor imobiliário cada vez mais inserido no contexto das transformações digitais. De outro, as inovações tecnológicas cada vez mais presentes na vida das pessoas.

Ou seja, estar atento às soluções tecnológicas para os processos de gestão de construtoras e incorporadoras é fundamental. Pensando nisso, aqui vão algumas dicas:

  • Primeiro ponto, a adoção de ferramentas que facilitem a rotina e a comunicação dos colaboradores(as) em contato com os clientes (como Whatsapp, Skype e Hangouts);
  • Segundo ponto, a adesão de softwares de gestão inteligentes e especializados que otimizem os processos do dia a dia, poupando tempo e recursos;
  • Terceiro ponto, o uso de ferramentas na nuvem para gestão de documentos, diminuindo a “papelada” da imobiliária e facilitando a organização de arquivos;
  • Quarto ponto, a integração de todas os setores através de bons sistemas ERP.

Este último ponto merece um pouco mais de atenção. De modo geral, ERP é um sistema que concentra as informações geradas pela incorporadora e/ou construtora em um único local.

Contribui para uma melhoria no controle gerencial, facilitando acessos, distribuindo informações em tempo real para departamentos/setores, com uma visão integrada dos processos, o que objetiva o estabelecimento de estratégias adequadas às demandas do empreendimento.

Este ponto merece uma atenção especial pois, ao optar pela implantação desse tipo de sistema na sua empresa, você percebe imediatamente os benefícios, tanto a curto, como a longo e médio prazo.

Ele contribui para a automação de processos; segurança de dados; controle de estoque; operações com agentes financeiros; orçamento e controle de custos; contato com fornecedores, etc. Em outras palavras, uma redução considerável nas falhas de gestão.

Bem, agora você já conhece algumas das falhas mais comuns na gestão de construtoras e incorporadoras, e já sabe também como corrigi-las ou evitar que elas aconteçam.

Chegou a hora de colocar em prática.

E você, já cometeu alguma destas falhas? Compartilhe a sua experiência com a gente aqui nos comentários.

Confira também nosso artigo sobre erros cometidos ao anunciar imóveis nas redes sociais.

Bom trabalho.

2 comments

jose carlos

Olá ,ótimo material , mais na hora de treinamento e capacitação para este momento de pandemia , aonde estamos todos os profissionais neste segmento em home office , poderiam investir em vídeos dando o treinamento , capacitação enfim , encima do assunto abordado , usar melhor a tecnologia a nosso favor , digo em alguma momento ! saber usar a ferramenta , as vezes ela esta ali , e não sabemos usa lá

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ANAPRO 2019 | Todos os direitos reservados